Tudo que você precisa levar em consideração antes de se mudar para um novo imóvel

Tudo que você precisa levar em consideração antes de se mudar para um novo imóvel

A mudança para um novo imóvel é uma situação que pode ser positiva, mas exige alguns cuidados que precisam ser levados em consideração com antecedência. Se você estiver indo morar em outra cidade, a atenção precisa ser maior, pois muito provavelmente não há um conhecimento completo do novo local do imóvel.

Sendo assim, preparamos esse conteúdo com algumas dicas fundamentais que precisam ser levadas em conta antes do contrato ser assinado. Leia, comente e compartilhe!

1. Estrutura do imóvel

Verificar a estrutura do imóvel para o qual você pretende se mudar é fundamental. É um dos primeiros pontos a ser observados, pois assim poderá evitar a dor de cabeça de ter que bancar uma grande reforma logo no começo. Não podemos esquecer que problemas de estrutura trazem riscos muito grandes.

Sendo assim, veja como está o estado das vigas de sustentação que estejam visíveis e busque por rachaduras significativas nas paredes antes da mudança. Assim você irá se prevenir de problemas.

2. Parte elétrica do imóvel

Você pode verificar sozinho se existem algumas questões quanto a parte elétrica do imóvel. No entanto, o ideal é levar um eletricista profissional para analisar tudo o que é possível.

É preciso buscar por indícios de curtos-circuitos por toda a fiação elétrica aparente. Somando-se a isso, é importante testar as tomadas e verificar se elas estão funcionando corretamente. Somente essas duas medidas são suficientes para evitar muita dor de cabeça no futuro.

3. Pontos de segurança

Hoje em dia, a segurança é cada vez mais uma questão importante na hora de se mudar para um novo imóvel. Garantir a integridade física de sua família é fundamental para a escolha da nova casa. Se houver idosos e crianças envolvidos, a importância da segurança aumenta.

Sendo assim, é preciso observar se há pontos de segurança como a estrutura da varanda, as grades nas janelas, corrimões e degraus no prédio, além de outros itens. Isso dará a sensação de mais segurança para você e sua família.

4. Ventilação

Pode parecer uma coisa menor, mas a ventilação de um imóvel é fundamental. Isso porque ela torna o ambiente agradável e melhora a qualidade do ar. Isso sempre foi um quesito importante na hora de considerar a mudança para um determinado imóvel. No entanto, com o crescimento do home office, sua importância cresceu ainda mais.

Além disso, a questão da ventilação de um imóvel tem outro ponto fundamental: a cozinha. Quando elas são arejadas, fica mais fácil de dissipar o gás caso haja vazamento, aumentando a segurança no local.

Sendo assim, quando for procurar um novo imóvel, busque um que tenha uma boa ventilação.

5. Vazamentos de água

Antes de se mudar para um novo imóvel é muito importante que você verifique se há algum vazamento de água nos diferentes cômodos. Verifique o teto, as paredes, os cantos, além de observar se existe mofo ou algum tipo de infiltração.

Analise ainda a tubulação de escape de chuveiros, sanitários e torneiras e veja se é suficiente o deságue. Assim você poderá ficar despreocupado por um bom tempo.

6. Onde morar

A escolha sobre onde morar é muito pessoal e uma série de questões deve ser levada em consideração como:

• Segurança;

• Comércio;

• Bairro dos sonhos;

• Transporte público;

• Escolas;

• Custo do aluguel ou da compra do imóvel etc.

Sendo assim, é sempre bom se reunir com sua família, fazer as contas e levar em consideração pontos positivos e negativos antes de se mudar.

7. Mudança de cidade

Se você vai mudar de cidade, a primeira coisa a fazer é procurar informações sobre seu novo local de morada. Caso ela seja uma cidade grande, veja quais são os lugares mais próximos de sua casa e o bairro onde quer morar.

Busque por restaurantes, mercados, shoppings, fotos da cidade etc. Quanto mais informação sobre a nova cidade você tiver, melhor será a escolha. Não se esqueça de buscar também informações sobre a segurança no local, para não ser pego de surpresa.

8. Custo-benefício

O valor de um imóvel para compra ou para aluguel pode variar bastante, tanto de um bairro para outro quanto de cidade para cidade. Sendo assim, é preciso fazer uma avaliação do custo-benefício antes de se mudar. Isso é muito melhor do que fazer uma avaliação isolada do valor do imóvel em si.

É comum que os bairros mais afastados do centro tenham imóveis com baixo custo. Mas será que isso compensa, levando em consideração o gasto de dinheiro e de tempo com a locomoção?

Outra coisa a se pensar quanto a bairros mais caros é a questão da segurança. Será que pagar mais no aluguel ou compra do imóvel não vai garantir que sua família fique mais segura?

São essas coisas que precisam ser levadas em consideração quando falamos em custo-benefício. Sendo assim, é preciso avaliar o que foi apresentado aqui e verificar suas prioridades de maneira conjunta ao escolher seu novo imóvel.

Dicas para a mudança propriamente dita

Você já seguiu todas as nossas dicas, conseguiu um imóvel e agora está de mudança. Está na hora de se preocupar com encaixotar, guardar e reorganizar tudo na casa nova. Sendo assim, siga essas outras dicas para não se estressar com a mudança:

• Se você vai embalar tudo sozinho, não se esqueça de adquirir caixas de papelão e fitas adesivas, além de canetas para anotar o que tem em cada recipiente;

• Não se esqueça de encaixotar as miudezas primeiro;

• Para deixar tudo ainda mais organizado, rotule as caixas informando para que cômodo as coisas que estão lá dentro irão;

• Procure uma transportadora de confiança para fazer sua mudança, para que não tenha dor de cabeça posteriormente;

• Muita gente se esquece de uma coisa muito importante: é preciso atualizar o seu endereço, cancelar os serviços e fazer com que os mesmos sejam instalados em sua nova casa.

Gostou das dicas? Agora que você já sabe tudo o que precisa levar em consideração antes de se mudar para um novo imóvel, alugue um apartamento com a Loog, muitos serviços e uma assessoria imobiliária completa que se preocupa com você!

Curtiu? Confira outras matérias