Entenda a Diferença entre Kitnet e Studio

Entenda a Diferença entre Kitnet e Studio

Os apartamentos de menor porte são ótimas opções para quem precisa de um lugar para morar e deseja contar com praticidade ou pretende gastar pouco. 
Com um tamanho reduzido, studios e kitnets costumam ser bastante procurados por quem deseja morar sozinho ou por nichos específicos da população, como estudantes que querem morar perto de suas faculdades. Sabemos que ambos se tratam de imóveis pequenos, porém qual a diferença entre eles e quais as vantagens e desvantagens na escolha de cada um?

Studio

São imóveis com tamanho entre 18 m² e 30 m². Apesar de ter um espaço integrado, conta com mais divisórias internas que delimitam os cômodos. 
Os edifícios que contam com studios, de modo geral, são mais sofisticados e oferecem uma grande diversidade de serviços dentro do próprio condomínio como lavanderia, espaço gourmet, piscina, sauna, wi-fi e academia. 
A maior parte dos interessados neste tipo de apartamento é composta por casais jovens, pessoas solteiras e idosas independentes que querem praticidade no cotidiano, segurança, comodidade e estarem perto de tudo. Geralmente estão localizados em regiões mais valorizadas e centrais do município, onde há grande infraestrutura de transporte público, lazer e cultura.


Em razão do seu tamanho, o morador precisa ser criativo para aproveitar bem todos os espaços. A organização é fundamental em apartamentos pequenos, pois qualquer bagunça pode ocupar muito espaço e atrapalhar o ambiente. Se você gosta de receber visitas, uma moradia pequena pode complicar as suas confraternizações. Porém, o studio tem a vantagem de contar com espaços de lazer e convivência no condomínio para realizar os encontros.

Kitnet

Estes apartamentos do tipo kitnet possuem entre 20 m² e 40 m² distribuídos em um cômodo maior que integra quarto, sala e cozinha em estilo americano e apenas o banheiro fica separado em outro espaço. Também estão instaladas nos centros urbanos das grandes cidades com proximidade de universidades, empresas, transporte, bares e restaurantes. 

Porém, as kitnets costumam ficar em prédios bem simples. As construções são antigas, erguidas entre as décadas de 1950 e 1970. Além disso, não possuem serviços agregados no próprio condomínio como o caso dos studios.
Geralmente atendem a um público mais jovem como estudantes de outros estados e municípios ou pessoas com condição financeira menos confortável. As principais vantagens são os preços reduzidos de aluguel, IPTU e manutenção, além da facilidade de limpeza por causo do tamanho.

Ao contrário dos studios que possuem grande estrutura em seus condomínios, as kitnets não contam com esse benefício, o que dificulta a vida de quem costuma receber pessoas em casa. Porém, como estão bem localizados nos centros urbanos, é possível realizar as confraternizações em shoppings, cafeterias, bares, lanchonetes ou praças. 

Mercado

A vida moderna está impondo mudanças culturais e comportamentais à sociedade e, com isso, o mercado imobiliário já sente mudanças como o crescimento da oferta de imóveis compactos. Em 2018, uma pesquisa do Secovi-SP mostrou que 42,6% dos lançamentos imobiliários na capital paulista foram de apartamentos com menos de 45 m². Entre os fatores que impulsionam essa tendência estão o aumento do número de pessoas que moram sozinhas, uma forma de se instalar em bairros centrais pagando menos e o desejo de residir próximo ao trabalho ou universidade.

Gostou do nosso artigo? Você pode gostar e também alugar um dos nossos apartamentos, confira aqui no site da Loog! 
 

Curtiu? Confira outras matérias